FETRABALHO e COOPIFOR discutem projetos

Home / Coopifor / Fetrabalho MG / projetos /
Lan-C3-A7amentos-Inv.-2012-362

FETRABALHO e COOPIFOR discutem projetos

Representantes da FETRABALHO e da COOPIFOR visitam a COOPERMODA para desenvolvimento de projetos para o ano 2012.
Na foto: Eliane Silveira e Angela Sampaio (Coopermoda), Fábio Silva e Geraldo Magela da Fetrabalho e José Ailton da COOPIFOR.

A MODA MINEIRA SE FORTALECE PARA COMPETIR E SE REPOSICIONAR NO MERCADO BRASILEIRO

Atendendo uma das principais reivindicações do segmento da moda mineira o Governador Antonio Augusto Anastasia anunciou no último dia 23 a redução do ICMS – Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços de 12% para 7% para a indústria mineira de confecções. Com esse benefício fiscal as indústrias de Minas poderão competir em melhores condições com as indústrias dos outros estados e também em relação aos produtos importados. Estima-se que ocorrerá um recuo de até 8% nos preços para o consumidor.

Tal medida beneficia toda cadeia produtiva da moda que tem um papel extremamente relevante na economia mineira do ponto de vista da geração de emprego, trabalho e renda para a população, aproximadamente 250.000 postos de trabalho.

A referida medida do governo do estado também atendeu uma das reivindicações resultantes do evento “Visita Técnica ao Caminho da Moda de BH”, realizado no último dia 06 de maio pela Coopermoda – Cooperativa dos Profissionais em Negócios de Moda e que teve como promotora a Fetrabalho MG – Federação das Cooperativas de Trabalho de Serviços e de Produção de Minas Gerais. O objetivo do evento foi conhecer a realidade do pólo de moda de Belo Horizonte, no tocante a sua estrutura, diversidade, importância econômica e social, dificuldades e desafios, de modo a subsidiar estudos e propostas para a formulação de políticas públicas de estimulo e apoio ao seu crescimento e desenvolvimento. O evento inovador e qualitativo contou com a participação das seguintes instituições: OCEMG – Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais; SEDE – Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais; Prefeitura Municipal de Belo Horizonte; FETRANSCOOP MG – Federação das Cooperativas de Transportes de Minas Gerais; SEBRAE MG; FECOMERCIO MG – Federação do Comércio de Minas Gerais; PMMG – Polícia Militar do Estado de Minas Gerais e CDL-BH – Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte.

Cabe ressaltar ainda que na última assembléia geral do Fopemimpe – Fórum Permanente das Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais, presidido pela Subsecretária Marilena Chaves da SEDE – Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, realizada no mês de maio, também por iniciativa da Coopermoda e com o apoio da Ocemg, entidade que integra o Conselho Deliberativo do referido fórum, foram discutidas e apresentadas propostas para o desenvolvimento das micro e pequenas empresas do setor de moda.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Fetrabalho MG/ COOPERMODA

Fábrica Social

por Adélia Assis
A Fábrica Social é um grupo de trabalho formado por famílias reassentadas nos conjuntos habitacionais construídos pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A unidade da Vila São José faz parte das ações sociais do eixo de Geração de Trabalho e Renda do Programa Vila Viva, e visa à sustentabilidade econômica e social dos moradores, além da promoção da qualidade de vida.

No dia 13 de maio, a Agência de Negócios da Fábrica Social organizou uma visita técnica à unidade da Fábrica Social com o objetivo de divulgar o projeto para o Sindivest, a Coopermoda e um grupo de empresários da moda.

A Coopermoda considerou que a iniciativa será importante tanto para o empresário, que poderá participar de um projeto envolvendo a responsabilidade social e, também, suprir uma necessidade do mercado que é a falta de mão-de-obra especializada quanto para os trabalhadores que precisam gerar renda para si e sua família.

Precisamos, no entanto, que as confecções estejam disponíveis para trabalhar em conjunto e apoiar o projeto.

Mais informações sobre o projeto veja no link abaixo.

http://www4.fiemg.com.br/Default.aspx?tabid=6473&mid=12124&newsType=Detail&Param=5929

AS CONFECÇÕES INTERESSADAS EM CONHECER DETALHES DO PROJETO PODEM ENTRAR EM CONTATO COM A COOPERMODA ATRAVÉS DO EMAIL
comunicacao@coopermoda.com.br

visita-t-C3-A9cnica-06-05-006

Visita Técnica Caminho da Moda

por Adélia Assis
Aconteceu no dia 06 de maio de 2010 a visita técnica orientada pela COOPERMODA, com o apoio da FETRABALHO-MG e da OCEMG-MG a alguns show rooms de Belo Horizonte. A iniciativa teve o propósito de colher subsídios para um documento norteador de ações conjuntas, que visam o fortalecimento da cadeia produtiva das micro, pequenas e médias empresas de moda do Estado.
Estiveram presentes algumas das principais instituições do Estado e da Prefeitura de Belo Horizonte o que acabou por legitimar a iniciativa e selar o início dos trabalhos conjuntos visando o mercado da moda mineira.
O principal objetivo do encontro foi plenamente alcançado, pois todos os presentes puderam perceber a importância do mercado da moda e conhecer as demandas do empresariado.

Agradecemos a todos que participaram do evento.

FETRABALHO-MG, FECOMÉRCIO, SEDE-MG – Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, OCEMG/SESCOOP,PMMG, SEBRAE-MG, CDL-BH







CONQUISTA COOPERMODA

A COOPERMODA tem a satisfação de comunicar que a sua Presidente Maria Ângela Sampaio Gondim Coutinho foi nomeada, em Assembléia Geral Ordinária realizada no dia 30-04-2010, 1ª suplente do Conselho Fiscal da FETRABALHO MG- Federação das Cooperativas de Trabalho de Serviços e de Produção de Minas Gerais.

Sobre a FETRABALHO MG

RAMO:
Trabalho.

DATA DE FUNDAÇÃO: 28/08/1998.

SEDE: Rua dos Tupinambás, 360 – sl. 909/911 – Centro – BH/MG.

ÁREA DE ATUAÇÃO: Minas Gerais.

RESUMO HISTÓRICO:
Fundada por 13 cooperativas singulares em 1998, sob a denominação de FETRAMINAS. Em 19/04/2002, como resultado do entendimento das lideranças do ramo trabalho em Minas Gerais, passou a denominar-se FETRABALHO MG e a integrar o sistema da COOTRABRALHO – Confederação Brasileira das Cooperativas de Trabalho. Em 2003, sob a coordenação desta Confederação, foi instituído o Movimento Nacional de Valorização do Cooperativismo de Trabalho, sendo que a FETRABALHO MG passou a integrar a coordenação nacional do mesmo.

OBJETIVOS E FINALIDADES:

a) integrar, fortalecer e representar o ramo das cooperativas de trabalho, junto aos órgãos públicos, privados e cooperativistas, no estado de Minas Gerais e no Brasil;

b) promover assistência técnica, educacional e gerencial às cooperativas federadas, nas áreas: jurídica, contábil, tributária, de marketing, educação cooperativista, etc.;

c) zelar pelo cumprimento dos preceitos e princípios cooperativistas, especialmente, no que diz respeito à ética;

d) divulgar o cooperativismo de trabalho, inclusive através de campanhas promocionais.

Categorias

thời trang trẻ emWordpress Themes Total Freetư vấn xây nhàthời trang trẻ emshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu nhà đẹp